Exercícios de Introdução à Ciência Política

Questão 1.

Sobre os aspectos introdutórios da Ciência Política, é correto afirmar que:

Você marcou a alternativa Correta!

A Ciência Política é a matéria que anteriormente era chamada Teoria Geral do Estado, denominação ainda utilizada por parte dos doutrinadores. Possui o Estado (a sua política, suas estruturas e sua forma e organização de governo) como objeto de estudo. Há que se ressaltar que alguns estudiosos colocam, antes, o Poder como objeto central de estudo da Ciência Política, pois que este é mais abrangente e inclui o Estado, suas estruturas, elementos e organizações.

Iniciou-se o estudo de tal matéria já na Grécia Antiga com Aristóteles e Platão, mas foi no Renascimento que a política veio a ser estudada e tratada como uma ciência propriamente dita, vindo a reunir as filosofias moral, política, econômica e as matérias de história, geopolítica, administração e direito para compor análises sobre o Estado e os elementos que dele fazem parte.

O nome Ciência Política, entretanto, só veio a surgir bem depois, em 1880.

Ciência – aquilo que é descoberto através da pesquisa, da experimentação. O conhecimento científico é obtido através do estudo ou da prática, envolto de metodologia e livre de juízos de valor e de parcialidade.

O objeto da pesquisa sobre o qual buscamos conhecimento, neste caso, é a política, seus fenômenos e suas estruturas.

Política – a palavra política - politiké - advém da existência das cidades-Estado gregas: as polis. As polis são consideradas as “células embrionárias” do que hoje chamamos de Estado, em razão da organização e estrutura daquelas comunidades. Podemos dizer, em suma, que a política é o estudo das atividades humanas que se relacionam com o Estado, e das atividades do Estado que se relacionam com a sociedade.

Sendo assim, a ciência política estuda a reunião das pessoas, a sociedade, a comunidade que se reúne em um lugar (na polis, no Estado), estudando suas regras, forma de harmonização e estrutura hierárquica.

A grande complexidade desta matéria ocorre pela variedade de estruturas e formas de Estado que existem atualmente, além da variedade de elementos que se reúnem no conceito Estado. É, de fato, uma matéria bastante ampla e complexa, composta de diversas frentes.

Você marcou a alternativa Errada. A correta é a alternativa 3.

A Ciência Política é a matéria que anteriormente era chamada Teoria Geral do Estado, denominação ainda utilizada por parte dos doutrinadores. Possui o Estado (a sua política, suas estruturas e sua forma e organização de governo) como objeto de estudo. Há que se ressaltar que alguns estudiosos colocam, antes, o Poder como objeto central de estudo da Ciência Política, pois que este é mais abrangente e inclui o Estado, suas estruturas, elementos e organizações.

Iniciou-se o estudo de tal matéria já na Grécia Antiga com Aristóteles e Platão, mas foi no Renascimento que a política veio a ser estudada e tratada como uma ciência propriamente dita, vindo a reunir as filosofias moral, política, econômica e as matérias de história, geopolítica, administração e direito para compor análises sobre o Estado e os elementos que dele fazem parte.

O nome Ciência Política, entretanto, só veio a surgir bem depois, em 1880.

Ciência – aquilo que é descoberto através da pesquisa, da experimentação. O conhecimento científico é obtido através do estudo ou da prática, envolto de metodologia e livre de juízos de valor e de parcialidade.

O objeto da pesquisa sobre o qual buscamos conhecimento, neste caso, é a política, seus fenômenos e suas estruturas.

Política – a palavra política - politiké - advém da existência das cidades-Estado gregas: as polis. As polis são consideradas as “células embrionárias” do que hoje chamamos de Estado, em razão da organização e estrutura daquelas comunidades. Podemos dizer, em suma, que a política é o estudo das atividades humanas que se relacionam com o Estado, e das atividades do Estado que se relacionam com a sociedade.

Sendo assim, a ciência política estuda a reunião das pessoas, a sociedade, a comunidade que se reúne em um lugar (na polis, no Estado), estudando suas regras, forma de harmonização e estrutura hierárquica.

A grande complexidade desta matéria ocorre pela variedade de estruturas e formas de Estado que existem atualmente, além da variedade de elementos que se reúnem no conceito Estado. É, de fato, uma matéria bastante ampla e complexa, composta de diversas frentes.