Semântica: Polissemia

Introdução

A linguística é o ramo científico que estuda a linguagem. Divide-se em diversos sub-ramos de estudo, dentre os quais: a fonética, responsável pelo estudo dos sons; a morfologia, que estuda a formação e a classe gramatical das palavras; a sintaxe, que estuda a relação que as palavras estabelecem entre si na formação das frases gramaticais; e, ainda, a semântica.

A semântica é o ramo da linguagem responsável pelo estudo do significado das palavras, bem como do sentido que estas assumem quando contextualizadas.

Polissemia

A propriedade que possuem algumas palavras de apresentar diferentes significado em diferentes contextos é a chamada polissemia.

  • “Mão”: o exemplo da palavra mão é clássico pela diversidade de sentidos que essa palavra pode assumir a depender do contexto:
  1. Eu feri minha mão.
  2. Lavei minhas mãos para essa questão.
  3. Minha mãe tem mão para a cozinha.
  4. Passaram a mão na minha carteira.
  5. Chegou a sua vez de colocar a mão na massa!
  • “Fria”
  1. Sua comida está fria.
  2. Aquela festa foi uma fria!
  3. Amanda é uma pessoa fria.
  • “Pena”:
  1. Comprei um brinco de pena de pavão.
  2. Vale a pena esperar.
  3. Fiquei com pena daquele moço.